segunda-feira, 2 de junho de 2008

Ministro Carlos Minc anuncia R$ 1 bilhão para quem desmata ilegalmente na Amazônia

videVERSUS
"O novo ministro do Meio Ambiente, Carlos Minc, anunciou na sexta-feira que o governo Lula vai destinar R$ 1 bilhão para recomposição de reservas legais na Amazônia. Na prática, o governo vai conceder crédito, a juros de 4% ao ano, aos produtores que desmataram além do permitido pela legislação e são obrigados a recompor a floresta.

'Uma coisa é você obrigar, outra coisa é você dar meios para, essa é a verdadeira questão. É uma obrigação legal. Mas agora os recursos vão garantir que ela seja cumprida. É o cumpra-se da reserva legal', disse o caudaloso grilo falante Carlos Minc, no 1º Fórum de Governadores da Amazônia Legal. Conforme ele, o financiamento anunciado está incluído na Medida Provisória 432, publicada na última quarta-feira.

Minc também anunciou outra medida que vai beneficiar quem já desmatou ilegalmente a floresta: o Ministério do Meio Ambiente vai garantir recursos para a regularização fundiária de propriedades rurais na Amazônia.

'Vamos fazer essa regularização coletiva, não um por um. Vamos fazer isso em conjunto. O ministério vai dar 30% dos recursos para acelerar, numa força tarefa, a regularização ambiental daqueles que queiram realmente se regularizar', adiantou ele.

Minc ainda citou a garantia de preços mínimos para os produtos extrativistas, segundo ele, também incluída na MP 432. "

3 comentários:

niv@ disse...

Ai... meus sais!

Pedro Americo Cestari disse...

gostaria de saber porque o nosso ministro (votei nele!) esta dando tanta atenção a salvar cupins amazônicos enquanto aqui mesmo em paciencia, se está tentando destruir uma área de 90.000m2 (nã0 sei se meu numero esta correto mas é uma area enorme)de floresta de mata atlantica virgem, para fazer um lixão (ou ,aterro ou seja lá o que for! ).
sera que não podemos adotar soluções mais corretas e perenes, como máquinas de separação e tratamento de lixo?
como por exemplo as utilizadas na coréia onde não só se tem os lixões em áreas hurbanas(pequenas) como, alem das máquinas reciclarem um percentual muito maior que aqui no Brasil elas ainda tiram o catador do meio da montanha de lixo!!!!!!!!!!
sera mesmo que as árvores da amazônia são mais importantes que as de Paciencia? ou qualquer outra?!!!!!!!!!!!!

niv@ disse...

É isso aí, Pedro. Concordo contigo. A natureza é importante em qualquer lugar. Eu vejo muita incoerência também, e uma enorme omissão por parte do Estado. A coleta seletiva do lixo e o seu correto encaminhamento, completa reciclagem e a valorização dos recicladores ("catadores") são medidas simples e evidentes, que não dá pra entender como ainda não foram ainda adotadas em 100 % do território brasileiro. Abraço.